1ª Síntese: Deus e as Provas de Sua Existência


A 1ª síntese a ser estudada pelo G.E.C.E (Grupo de Estudos da Codificação Espírita), foi formulada de acordo com O Livro dos Espíritos (1857) - Perguntas : 01 a 09. Intitulada:

DEUS E AS PROVAS DE SUA EXISTÊNCIA

Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas. Para crer em sua existência basta lançar os olhos para as obras da criação. O Universo existe; ele tem, pois, uma causa. Duvidar da existência de Deus seria negar que todo efeito tem uma causa, e adiantar que o nada pôde fazer alguma coisa.

Todos os homens carregam em si o sentimento intuitivo da existência de Deus, o que fortalece a idéia de que ele existe. Se esse sentimento fosse fruto da educação ou o produto de idéias adquiridas, ele não seria universal, como o é.

Dizer, por sua vez, que se pode encontrar a causa primeira das coisas nas propriedades íntimas da matéria seria tomar o efeito pela causa. E ainda, qual seria a causa dessas propriedades? Outro absurdo é assegurar que o acaso, ou a combinação fortuita da matéria, teve algum papel na formação original. Seria promover o acaso, ou o nada, a condição de ser inteligente, pois a harmonia que regula as atividades do universo revela combinações e fins determinados e, por isso mesmo, revela uma força com inteligência. Assim, uma acaso inteligente não seria mais um acaso.

Há um provérbio que diz: pela obra se reconhece o artífice. Pois bem! olhe-se a obra da criação e se procure o artífice. Nenhum ser humano podendo criar o que produz a natureza, a causa primeira, pois, é uma inteligência superior à humanidade. Mesmo que a inteligência humana realize prodígios, essa inteligência tem, ela mesma, uma causa, e quanto mais o que ela realiza é grande, mais a causa primeira deve ser grande. Esta inteligência é a causa primeira de todas as coisas, qualquer que seja o nome sob o qual o homem a designe.

A 1ª síntese foi apresentada no dia 11/07/2009 no 2º encontro do G.E.C.E. (Grupo de Estudo da Codificação Espírita). É com base nessa síntese que o grupo utilizará do I.A.C (Integração, Argumentação e Contextualização) e com base nos estudos e pesquisas que iremos empregar, vamos concluir e aplica-lo no nosso dia a dia.

Cada grupo vai ter uma data para cumprir os seus objetivos. Aqueles que ficaram no grupo Integração a partir da data que a síntese foi apresentada terão um prazo de 1(uma) semana para concluir seus trabalhos, os que ficaram com Argumentação terão 2 (duas) semanas e os que ficaram com Contextualização 3 (três) semanas. As datas de apresentação são:


1 comentários:

Betinho.O™ 3 de agosto de 2009 06:23  

Trabalho suntuoso, me conquistou a primeira vista, a cada pesquisa feita, cada indagação, cada página da codificação e dos livros espíritas como um todo, me elucida de tal forma que minha busca pelo conhecimento na doutrina fica ávido, afável e harmonioso, agradeço a oportunidade que tive e tenho por conhecer e aprender cada vez mais sobre essa doutrina maravilhosa.

Muito Obrigado!

Postar um comentário

Estudos da Codificação Espírita

Blog dedicado ao G.E.C.E. (Grupo de Estudos da Codificação Espírita) da Casa da Caridade, que irá servir de apoio, informação e diálogos entre os membros e interessados. O objetivo do grupo, que é o estudo da codificação espírita ficará mais acessível e de fácil compreensão para todos os que tiverem interesse no nosso trabalho utilizando dos meios fornecidos pelo grupo. Está à frente do grupo o nosso grande amigo Jorge Fernando Vieira que emprega métodos inovadores de estudos como I.A.C. (Integração, Argumentação e Contextualização). Todos os sábados na Casa da Caridade, para mais informações entre em contato conosco pelo e-mail

Venham participem!